Promoções e compras em tempos de crise: evite ciladas

É preciso economizar mais do que nunca

Diante da crise causada pelo novo coronavírus, as lojas, mesmo online, têm se dedicado a realizarem promoções a fim de aumentar as vendas. Contudo, o que pode parecer vantajoso, muitas vezes complica o seu orçamento. A estratégia agora é gastar o mínimo possível e guardar o que conseguir, afinal, não podemos prever o que ainda iremos enfrentar. 

 

A queda dos preços de algum produtos é nítida, de acordo com o site Zoom, especializado em monitoramento de preços, os artigos esportivos e eletrônicos foram os que mais tiveram diminuição nos valores. O fone de ouvido, por exemplo, ficou 68% mais barato. Já o tablet infantil teve redução de 57,13%. Esses itens têm uma procura maior agora que as pessoas passam mais tempo em casa. 

Outro atrativo que as empresas estão oferecendo é o frete grátis. Contudo, muitas vezes esse valor está embutido no preço dos produtos e o consumidor nem percebe.

Dicas de consumo

O ideal neste momento é consumir apenas o necessário, afinal, a crise pode ser ainda maior nos próximos meses. Contudo, se você precisa comprar alguma coisa, a dica maior é pesquisar. As ofertas podem sim ser benéficas, desde que você saiba procurar a melhor. 

A atual crise pode desencadear a necessidade de alguns objetos, como de escritório, para o home office, e de exercícios para fazer em casa, já que tudo está fechado. Por isso, observe o preço dos produtos em diversos sites, o Zoom, por exemplo, auxilia nessa busca. Nele é possível criar um alerta para produtos específicos. A compra planejada é a mais recomendada, ela garante que você pague o menor preço possível.

Em épocas de ócio é comum também que o consumidor aja por impulso. Se você viu um anúncio nas redes sociais e ficou interessado, faça três perguntas básicas: eu preciso desse produto? Eu tenho dinheiro para comprá-lo? Isso vai afetar minhas finanças no futuro? Se as duas primeiras respostas forem não e a última sim, tenha paciência e espere para adquirir em outra ocasião.

Inclusive, a paciência deve ser trabalhada durante este isolamento social. Lembre-se que não vai durar para sempre, que em breve você poderá comprar o que deseja sem se preocupar tanto. Além disso, o processo para comprar algo bom e com preço justo também é longo.

Outra dica interessante é aproveitar as vantagens que os fornecedores oferecem, como o chamado cashback, que consiste em um tipo de compra que você paga e recebe uma parte do valor de volta. Você pode adquirir um produto de R$100,00 e receber R$3,00 em cima dele. Vários sites já têm essa inovação, leve em consideração quando for comprar algo.

Os programas de pontos também costumam ser vantajosos. Escolha lojas que acumulem mais pontos, que muitas vezes são trocados por outros produtos, gasolina e até passagens aéreas. 

Com consciência e boa pesquisa é possível consumir de maneira correta durante a crise. E não se esqueça de guardar sempre o dinheiro que economizou, a reserva de emergência é essencial para os próximos meses. 

 

Tags: consumo

Veja mais